terça-feira, 7 de maio de 2013

Momento do Escritor - Jane Austen


Olá! o/
Estou criando um post que vai aparecer com frequência aqui no blog, resolvi chama-lo de "Momento do Escritor", que consistirá em eu escrever um breve relato sobre os meus escritores preferidos, falando um pouco da sua vida e citando as suas obras.

Hoje. não poderia ser diferente, vou iniciar falando um pouco da minha querida Jane Austen. Atualmente ela é a escritora que eu mais gosto, tenho uma admiração grande pelas suas obras, que alias tenho quase todas, falta apenas um livro para completar minha coleção. Vamos começar!!!

"Jane Austen nasceu em 16 de dezembro de 1775, na Inglaterra. E é considerada a maior escritora de todos os tempos, de acordo com sua jornada de vida que arrasta milhões de fãs por todo o mundo e encanta a todos com sua literatura épica.

Entre 1785 e 1786, Jane foi aluna de um internato em Reading, lugar que pode ter inspirado-a para descrever o internato da Sra. Goddard, que aparece no romance Emma. A educação que Austen recebeu ali foi a única recebida fora do âmbito familiar. Por outro lado, sabe-se que o reverendo Austen, pai de Jane, tinha uma grande biblioteca e, segundo ela mesma conta em suas cartas, tanto ela quanto sua família eram "ávidos leitores de romances, e não se envergonhavam disso". Assim como lia romances de Fielding e de Richardson, lia também Frances Burney. O título de Orgulho e Preconceito, por exemplo, foi retirado de uma frase dessa autora, no romance Cecilia

Torna-se difícil precisar o momento em que Jane Austen começou a escrever. A existência de cadernos de notas contendo relatos assinala que o talento despertou em tenra idade. Aos 16 anos, já dispunha de um bom número de exemplares armazenados.

Nos anos posteriores a 1787, Jane Austen escreveu, para o divertimento de sua família. Entre 1795 e 1799 começou a redigir as primeiras versões dos romances que se publicariam sob os nomes Razão e SensibilidadeOrgulho e Preconceito e A Abadia de Northanger (que antes se intitulavam Elinor and MarianneFirst Impressions, e Susan, respectivamente). Em 1797, seu pai quis publicar Orgulho e Preconceito, mas o editor recusou. Em 1809, Jane retomou suas atividades literárias revisando Razão e Sensibilidade, que foi aceita por um editor em 1810 ou 1811, apesar de a autora assumir os riscos da publicação. Teve algumas críticas favoráveis, e se sabe que os lucros para Austen foram de 140 libras esterlinas. 
Animada pelo êxito de Razão e Sensibilidade, a autora tentou publicar também Orgulho e Preconceito, que foi vendido em novembro de 1812 e publicado em janeiro de 1813. Ao mesmo tempo, começou a trabalhar em Mansfield Park. Em 1813, a identidade da autora de Orgulho e Preconceito começou a difundir-se, graças à popularidade da obra e à indiscrição da família. Nesse mesmo ano foi publicada a 2ª edição de suas obras, e em maio de 1814 surgiu Mansfield Park, obra da qual se venderam todos os exemplares em seis meses, e Austen começou a trabalhar em Emma, que foi publicado em dezembro de 1815.
Começou Persuasão em agosto de 1815, mas um ano depois começou a se sentir mal.  Para receber tratamento médico foi levada a Winchester, onde faleceu em 18 de julho de 1817. Na época, não se sabia a causa de sua morte; hoje, considera-se que foi Doença de Addison. Está enterrada na Catedral de WinchesterEm 1872, depois que James Edward Austen-Leigh publicou suas Memórias, foi colocada uma nova placa explicando sua condição de escritora e salientando: "Ela abriu sua boca com sabedoria e em sua língua reside a lei da bondade". 


Suas últimas palavras foram: "Não quero nada mais que a morte". Tinha 41 anos."

Minha Coleção! <3

A seguir algumas citações:

"Metade do mundo não consegue compreender os prazeres na outra metade."

"Não quero que as pessoas sejam muito gentis; pois tal poupa-me o trabalho de gostar muito delas."

"Muitas vezes perdemos a possibilidade de felicidade de tanto nos prepararmos para recebê-la. Por que então não agarrá-la toda de uma vez?"

"A imaginação de uma senhora é muito rápida; pula da admiração para o amor, e do amor para o matrimônio em um segundo."

"Em vão tenho lutado comigo mesmo; nada consegui. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e preciso que me permita dizer-lhe que eu a admiro e a amo ardentemente."

"Sei que é generosa demais para fazer pouco de mim. Se os seus sentimentos são ainda os mesmos que manifestou em Abril passado, diga-mo imediatamente. O meu amor e os meus desejos permanecem inalterados; mas basta uma única palavra sua para silenciar-me para sempre."









20 comentários:

Letícia Siqueira das Chagas disse...

Gostei muito de conhecer mais sobre Jane. Quero ler Orgulho e Preconceito.
Beijos,

Letícia
http://www.odomdaescrita.com.br/

Bianca pires disse...

Só li Orgulho e preconceito até agora, mas pretendo ler todos! Adorei o post.

Beijos, Bianca
http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

Amanda Biazzi disse...

Que ótimo post, pretendo ler alguns dos livros de Jane, afinal, são clássicos (quase) obrigatórios, não é?

Beijos :)

http://livraticos.blogspot.com.br/

Gabrieel disse...

Achei super interessante essa sua ideia de série no blog *-*

Gabriel - umpapoentrepaginas.blogspot.com.br

Luara Cardoso disse...

Acredita que até agora só li Orgulho e Preconceito? <3 Morro de vontade de ler os outros livros dela.

Um beijo,
Luara - Estante Vertical

Claudia Halley disse...

Nunca li nada dela mas morro de vontade!
O porta livros que vc diz, é aquele que cobre a capa? como é? vc tem alguma imagem de modelo?

Neriana Rocha disse...

Oi, Letícia! :)
Indico muito todos os livros dela. E Orgulho e Preconceito é maravilhoso!!!
Beijos!!!

Neriana Rocha disse...

Você gostou, Bianca? :)
"Emma" e "Razão e Sensibilidade" também são ótimos!
Beijos!

Neriana Rocha disse...

Oi, Amanda! :)
Depois que você ler o primeiro, vai querer ler todos e esquecer da obrigatoriedade.
São bons demais!!!
Beijos!

Neriana Rocha disse...

Obrigada, Gabrieel!!!
Você já leu ou pretende ler alguma obra dela?
Beijos!

Neriana Rocha disse...

Pois leia, Luara! Que você vai gostar muito. Eu sou suspeita para falar... Amo todos os livros dela!!!
Beijos!

Neriana Rocha disse...

Claudia, não perca mais tempo. Leia!!! É bom demais!!!

Ah, o porta livros é tipo uma bolsinha... vou procurar uma foto e te enviar.

Beijos!

Ana Michelle disse...

Oi Neriana! ADORO Jane Austen. Li quase todos. Ótima dica de leitura! Parabéns pela coluna.

bjsss!!!
Ana
www.sonhandoporescrito.blogspot.com

Neriana Rocha disse...

Oi, Ana! :)
Ela é o máximo mesmo, né? Ainda nem li todos também, vou fazer um mês de leitura especial só dela, aí vou reler alguns e ler o que está faltando.
Beijos!

Juliana Erdmann disse...

Adorei saber mais sobre Jane Austen.Gosto muito da escrita dela.
parabéns pelo post.

http://melanciapink.blogspot.com.br/

Neriana Rocha disse...

Ela é ótima, né, Juliana? Acho que não conheço ninguém que não goste dela.
Beijos!

Carol disse...

Amei demais essa postagem! Não tinha muita consciência sobre a vida dela, só sabia que ela era maravilhosa!!!
Obrigada por me mostrar isso!

bjus
terradecarol.blogspot.com

Neriana Rocha disse...

Obrigada, Carol!
Ela é realmente maravilhosa. :)
Beijos!

Michelly Santos disse...

Tenho muita vontade de ler Orgulho e Preconceito, Neri, nem sei porque ainda não li!
Adorei as citações!

http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
Mais Uma Página

Neriana Rocha disse...

Mi, coloca pra sua meta desse ano, você não vai se arrepender. É muito bom!
Beijos!

Postar um comentário